Juros Compostos

O regime de juros compostos considera que os juros formados em cada período são acrescidos ao capital formando o montante (capital + juros) do período, ou seja, o montante passará a render juros no período seguinte formando um novo montante (constituído do capital inicial, dos juros acumulados e dos juros sobre os juros formados em [...]
Leia mais »

Convenção Linear e Convenção Exponencial Para Períodos Não Inteiros

Em algumas operações financeiras, o prazo não é um número inteiro em relação ao prazo definido para a taxa. Como na prática é muito raro a não-formação dos juros em intervalos de tempo inferiores a um período inteiro, passa-se adotar 2 convenções para solucionar estes casos: linear ou exponencial. CONVENÇÃO LINEAR Esta convenção é uma [...]
Leia mais »

Taxa Nominal e Taxa Efetiva – Juros Compostos

Quando se trata de taxa nominal é comum admitir-se que a capitalização ocorre por juros proporcionais simples. A taxa por período de capitalização de 36% ao ano é 3% ao mês. Aplica-se a taxa proporcional ou linear de juros simples (36% /12=3%). Ao se capitalizar a taxa nominal de 36%aa, apura-se uma taxa efetiva de juros superior a 36% [...]
Leia mais »

Taxas Equivalentes – Juros Compostos

O conceito enunciado de taxa equivalente permanence válido para o regime de juros compostos diferenciando-se dos juros simples na fómula de cálculo da taxa de juros. Por se tratar de capitalização exponencial, a expressão da taxa equivalente composta é a media geométrica da taxa de juros do período inteiro, isto é: Por exemplo, a taxa [...]
Leia mais »

26) Juros Simples – Exercício Proposto

Um empréstimo de R$42.000,00 foi tomado por determinado prazo a uma taxa linear de 7% ao mês. Em determinado momento o devedor resgata este empréstimo e contrai outro no valor de R$200.000,00 pagando 5% de juros simples ao mês por certo prazo. Após de 2 anos de ter contraído o primeiro empréstimo, o devedor liquida [...]
Leia mais »

25) Juros Simples – Exercício Proposto

Uma pessoa contrai um empréstimo de R$75.000,00 à taxa linear de 3,3% ao mês. Em determinada data liquida este empréstimo pelo montante de R$92.325,00 e contrai nova dívida no valor de R$40.000,00 pagando uma taxa de juros simples mais baixa. Este último empréstimo é resgatado 10 mêses depois pelo montante de R$49.600,00. Pede-se calcular: A) [...]
Leia mais »

24) Juros Simples – Exercício Proposto

Um poupador com um certo volume de capital deseja diversificar suas aplicações no Mercado financeiro. Para tanto, aplica 60% do capital numa alternativa de investimento que paga 34,2% ao ano de juros simples pelo prazo de 60 Dias. A outra parte é invertida numa conta de poupança por 30 Dias, sendo remunerada pela taxa linear [...]
Leia mais »

23) Juros Simples – Exercício Proposto

Uma pessoa tem uma dívida composta dos seguintes pagamentos:   R$22.000,00 de hoje a 2 meses; R$57.000,00 de hoje a 5 meses R$90.000,00 de home a 7 meses   Deseja trocar estas obrigações equivalentemente por dois pagamentos iguais, vencíveis o primeiro ao final do 6 (sexto) mês e o Segundo no 8 (oitavo) mês. Sendo [...]
Leia mais »

22) Juros Simples – Exercício Proposto

Uma máquina calculadora está sendo vendida a prazo nas seguintes condições: R$ 128,00 de entrada R$192,00 em 30 Dias; R$192,00 em 60 Dias; Sendo de 1,1% ao mês a taxa linear de juros, pede-se calcular até que preço é interessante comprar a máquina a vista.  

21) Juros Simples – Exercício Proposto

Um negociante tem as seguintes obrigações de pagamento com um banco: R$ 18.000,00 vencíveis em 37 Dias; R$ 42.000,00 vencíveis em 83 Dias; R$ 100.000,00 vencíveis em 114 Dias; Com problemas de caixa nestas datas deseja substituir este fluxo de pagamentos pelo seguinte esquema: R$20.000,00 em 60 Dias; R$50.000,00 em 100 Dias; Restante em 150 [...]
Leia mais »

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.